Você sabe o que é a MultiCloud?

Prática da MultiCloud propõe a contratação de múltiplos fornecedores para obter o que cada um oferecer de melhor, com redução de riscos e economia

Aproveitar o que a Cloud Computing (Computação em Nuvem) oferece de melhor com a diversificação dos prestadores de serviços. Esta é a mais nova estratégia adotada por empresas com a prática MultiCloud ou Cloud Múltipla, que integra serviços em Nuvem de diferentes provedores. O modelo ainda é uma novidade no mercado, mas está sendo apontado como forte tendência, considerando que a procura pelas soluções de Tecnologia da Informação (TI) no modelo de serviço cresce cerca de 20% ao ano, segundo institutos de pesquisa.

O conceito MultiCloud surge após a disseminação dos três tipos de Nuvem: Pública, Privada e Híbrida. A primeira é operada por grandes provedores que usam a mesma infraestrutura para entregar recursos de TI com mais rapidez de forma compartilhada e com custos menores. A segunda é uma Cloud particular que funciona em ambiente do próprio cliente – que necessariamente não precisa ser on-premises, ou seja, estar dentro da empresa -, totalmente gerenciada.

Já a Híbrida, combina Nuvem Privada e Pública em um ambiente único, que permite a interoperabilidade entre os recursos de TI. Com esse tripé, a empresa pode, por exemplo, mover dados sensíveis da rede Privada para Pública e vice-versa de forma automática com segurança, que é grande apelo da Cloud Híbrida.

Crescimento das ofertas de Cloud

O crescimento das ofertas de Nuvem ampliou o leque de opções e fez com que companhias buscassem soluções de provedores diferentes. A diversificação aumentou a complexidade do gerenciamento das soluções em Nuvem em seu ambiente de TI.

Os múltiplos fornecedores com rotinas, serviços e preços diferentes passaram a desafiar os gestores responsáveis pela infraestrutura de TI. Foi nesse contexto que nasceu o conceito de MultiCloud.

Proposta da abordagem

Entende-se por MultiCloud, o uso de mais de um fornecedor de Nuvem. Raramente um único provedor consegue atender todas as necessidades de uma empresa. A abordagem Cloud Múltipla sugere a contratação de dois ou mais parceiros para a entrega de plataformas que contemplem situações específicas do negócio.

O conceito propõe que a empresa selecione o serviço de cada provedor que mais se aproxime da característica de seu negócio. Um exemplo é a companhia que prefere contratar o banco de dados de um determinado fornecedor e plataforma de desenvolvimento de outro parceiro, levando em consideração aspectos como escalabilidade e níveis de SLA (garantia de nível de serviço).

Prós e contras do ambiente MultiCloud

Uma das vantagens do ambiente MultiCloud é a redução da independência de se trabalhar com um único provedor. Com mais de um fornecedor, há mais redundância contra falhas e melhor gestão de riscos.

A abordagem permite mais opções de escolhas para uso de soluções em Nuvem para determinadas tarefas da empresa, além de extrair o melhor custo-benefício do provedor com otimização dos recursos.

Ao mesmo tempo, a gestão de ambientes Cloud Múltipla se torna a mais complexa. As empresas precisam de ferramentas para saber alocar os melhores serviços em Nuvem.

Diante dessa necessidade, estão surgindo companhias de Cloud Broker, em que corretores atuam como intermediários entre o cliente e os fornecedores, na entrega e integração de serviços em Nuvem.

O Cloud Service Broker faz comparação de preços dos serviços em Nuvem. Eles avaliam a qualidade e oferta dos provedores, indicando a melhor solução para a empresa para reduzir a complexidade do ambiente Cloud Múltipla.

Gosto do artigo? Comente!


Comente o que achou