CaaS: contêiner como serviço acelera entrega de Apps

Oferta de CaaS ou de contêiner como serviço integra equipes para maior rapidez na criação de Apps

A comunidade de OpenSource (Código Aberto) quer encurtar o tempo da produção de software em Cloud Computing (Computação em Nuvem) com entrega de novas plataformas. Pelo menos é a proposta da oferta de Container as a Service (CaaS) apresentada ao mercado para acelerar o desenvolvimento de Apps (Aplicativos).

O mecanismo de contêiner ou recipiente em Nuvem é uma alternativa ao modelo tradicional de virtualização por máquina virtual (Virtual Machine – VM) baseada em hypervisor, camada de software localizada entre o hardware e o Sistema Operacional (SO).

Uma das vantagens do contêiner é que não é necessário recriar um SO completo como acontece na abordagem de máquina virtual. A tecnologia foi projetada para desenvolvedores e administradores de sistemas tornarem mais rápida a criação, implantação, gerenciamento e execução de aplicações distribuídas.

Vantagens de CaaS

O CaaS é uma plataforma em Nuvem que integra profissionais de TI e desenvolvedores. Pelo sistema, todos podem trabalhar juntos para construir, enviar e executar seus aplicativos de onde quer que estejam.
A solução CaaS permite a criação de um ambiente de aplicativo gerenciado e protegido, composto por conteúdo e infraestrutura. Desta forma, qualquer desenvolvedor poder criar e implementar aplicativos, acessando os recursos com mais rapidez.

Em um ambiente típico de CaaS, o time de DevOp (Desenvolvedor e Operação) encontra ferramentas para desenvolvimento, segurança e colaboração para implementação dos Apps em larga escala.
As duas equipes de DevOp realizam trabalho colaborativo por meio de um conjunto de ferramentas com separação por meio de contêineres e que acompanha todo o ciclo de vida da aplicação.

O sistema de trabalho pode ser modificado com controle centralizado ou descentralizado. A vantagem desse modelo é que a empresa pode estabelecer gerenciamento individualizado para cada equipe de acordo com as necessidades do negócio.

Com essas facilidades, a comunidade de Código Aberto garante que CaaS oferece uma estrutura melhor para gerenciar a entrega de aplicativo. Para isso, o serviço precisa fornecer ferramentas para integrar equipes de TI e desenvolvedores; acompanhar todo o ciclo de vida do aplicativo; suportar qualquer infraestrutura; e Interface de Programa de Aplicativo ( API ), conjunto de rotinas, protocolos e ferramentas para criar aplicativos, entre outros recursos.

Para alguns especialistas, CaaS está entre IaaS (Infraestrutura como Serviço) e PaaS (Plataforma como Serviço. No entanto, eles destacam que a oferta se diferencia por oferecer recursos contêiner, em alternativa ao sistema de máquina virtual.

Já para a turma de OpenSource, o CaaS vem para acelerar o desenvolvimento de Apps, principalmente para atender a demanda dos dispositivos móveis com o crescimento desenfreado das soluções baseadas em Android, sistema operacional de Código Aberto.

Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou