Projetos de transformação digital para 2017 em Nuvem

Empresas devem gastar este ano US$ 1,2 trilhão em transformação digital. Muitos dos projetos passam pela Cloud Computing.

Os investimentos das empresas no mercado mundial com projetos para promover a transformação digital dos negócios em 2017 devem passar de US$ 1,2 trilhão, com aumento de 17,8% em relação a 2016. As previsões fazem parte do estudo Guia de gastos Transformação Worldwide Digital realizado pela IDC.
A pesquisa estima que os gastos com a transformação digital nas organizações terão taxa anual de crescimento da ordem de 17,9%, chegando em 2020 com despesas da ordem de U$ 2,0 trilhões na comparação com 2015.

Eileen Smith, analista da IDC, comenta que a digitalização dos processos de negócios se tornou imperativo para ganhos de competitividade no cenário atual. Ela observa que as companhias precisam se reinventar para melhorar a experiência do cliente, a eficiência operacional e atender a velha máxima do fazer mais com menos.

Para colocar as empresas na trilha da era digital, as companhias deverão investir em tecnologias emergentes como Cloud Computing (Computação em Nuvem), mobilidade, Big Data (ferramentas para tratar dados com inteligência, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, computação cognitiva etc.

É a indústria de manufatura discreta que mais vai destinar dinheiro para a transformação digital em 2017, responsável por 30% do montante total de US$ 1,2 trilhão. Outros setores da economia que também estão apostando na digitalização são as áreas de saúde, mercado financeiro, transportes e varejo.

Mais da metade de todos os investimentos de transformação digital em 2017 serão destinados a tecnologias que suportem inovações no modelo de operação das empresas.

Os gastos vão se concentrar em projetos que tragam mais agilidade aos negócios, permitam criar produtos e serviços com mais eficiência e conectar todos os elos da cadeia de fornecimento.

Em termos geográficos, a região Ásia/Pacífico (excluindo o Japão) será a que mais vai gastar com transformação digital, responsável por 37% dos gastos mundiais em 2017. Os Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com representação de 30% do total das despesas globais, segundo a IDC.

Ao analisar o potencial de crescimento dos investimentos da América Latina com a transformação digital, a consultoria prevê uma taxa de aumento anual de 23,4% até 2020, levando-se em comparação dados de 2015.

Projetos de transformação digital que impactam a Nuvem

Acompanhe a seguir cinco projetos de digitalização na América Latina que vão exigir aplicações em Cloud Computing.

1-“Cloud 2.0”

Em 2020, mais da metade (55%) dos gastos de toda a infraestrutura de TI e software serão com ofertas baseadas em Nuvem.

2-Inteligência Artificial (IA)

Essa tecnologia deverá estar em todos os lugares. Em 2020, a IA representará 10% de todas as iniciativas de transformação digitais. Aproximadamente 60% dos projetos de Internet das Coisas (IoT) vão usar habilidades cognitivas e IA.

3- Realidade Aumentada

Em 2017, uma em cada dez companhias líderes da América Latina vai adotar Realidade Aumentada para como parte de esforços de marketing para melhorar a experiência do consumidor. Em 2018, essa tecnologia somará 30 milhões de usuários na região.

4- Plataformas Colaborativas

Em 2019, o número de empresas colaborativas em Cloud Computing na América Latina vai dobrar para mais de 50. A maioria virá de parcerias entre os principais provedores de Nuvem ou de esforços de colaboração entre o setor público e privado.

5- Corretores de Nuvem para transformação digital

Em 2020, mais de 50% das receitas dos prestadores de serviços em Nuvem serão intermediadas por parceiros de negócios ou corretores, chamados de Cloud Brokers.

Gostou do artigo? Comente!


Comente o que achou