Pequenas empresas: primeiros passos em Cloud Computing

Pequenas empresas em Cloud Computing ganham cada vez mais espaço no mercado. Saiba como estrear na Nuvem

Foi-se o tempo em que apenas as grandes companhias tinham acesso à Tecnologia da Informação (TI) de ponta para ganhos de produtividade, redução de custos e aumento de competitividade. A Cloud Computing (Computação em Nuvem) coloca esses recursos também à disposição das pequenas empresas. Por esse sistema, os empreendedores podem recorrer aos mais modernos tipos de hardware e software como serviço, sem precisar desembolsar grandes quantias para automação de seus negócios.

Cloud Computing como um propulsor para os negócios

Manter funcionando internamente na empresa uma infraestrutura de TI atualizada e segura é dispendioso. É necessário ter um local adequado para instalação dos equipamentos e investir em licenças de software para automatizar os negócios. Há ainda a necessidade de contratação de profissionais capacitados para gerenciar os ativos e garantir a proteção dos dados confidenciais protegidos.

A maioria das pequenas empresas não tem verba para investir em uma área de TI estruturada. Muitos dos pequenos negócios ainda operam com planilhas em papel. Os computadores que possuem, por vezes, são de uso pessoal e funcionam como o servidor da empresa.

Nem sempre há o hábito de fazer backup (cópia dos dados), deixando as informações do empreendimento em risco. Caso aconteça algum incidente, como falha no equipamento, furto ou roubo, o empresário perde os dados de seu negócio.

A Cloud Computing promete mudar esse cenário, tornando os recursos de TI também acessíveis às pequenas empresas para que elas possam se inserir no mundo digital. A Nuvem possibilita que esses empreendimentos se equipem tecnologicamente para enfrentar as mudanças rápidas do ambiente de negócios. O uso de TI por consumo pode ser uma alavanca para o crescimento dessas empresas.
Um estudo da IDC revela que mais de 40% dos gastos com TI na América Latina até 2018 serão destinados a serviços em Cloud Computing. E, as previsões são de que esse índice aumente para 50% até 2020.

O levantamento envolveu também o Brasil, mercado que representa entre 40% e 50% dos negócios com TI na América Latina. Segundo a consultoria, um dos grandes motores para o crescimento da Nuvem na região são as pequenas empresas. Esse nicho terá uma grande participação, principalmente no uso de Cloud Pública, que fornece soluções mais acessíveis.

Em outros mercados, cuja Nuvem é mais sólida, os pequenos negócios estão se beneficiando mais do sistema de uso dos recursos de TI como serviço. Nos Estados Unidos, por exemplo, cerca de 40% das pequenas empresas já utilizam soluções em Cloud. O número deverá saltar para 78% em 2020, segundo pesquisa da consultoria Emergent Research. O estudo aponta que as principais responsáveis por esse crescimento é o acesso às tecnologias com baixo investimento e a facilidade para tomada de decisão que a Cloud Computing proporciona aos empresários.

Vantagens do uso de Cloud Computing

Um dos maiores benefícios para as pequenas empresas com adesão à Cloud Computing é a possibilidade de acessar rapidamente hardware e software para apoiar seus negócios.

Outra vantagem é o acesso remoto a programas e serviços, além da diminuição dos gastos com uso dos recursos TI, com pagamento mensal de parcelas fixas, como se fosse um aluguel.

Como todas as informações da empresa estão na Internet, não há mais a necessidade de pequenas empresas instalarem aplicativos nos seus computadores. É possível conectar-se a um servidor virtual de qualquer lugar no momento em que precisarem acessar suas aplicações. As atualizações dos programas são feitas automaticamente e o backup das informações está garantido com armazenamento em Nuvem, caso o inesperado aconteça.

Primeiros passos das pequenas empresas em Cloud

Para que sua empresa possa planejar a estreia em Cloud Computing, listamos abaixo os primeiro serviços que devem ser contratados.

E-mail em qualquer lugar

É a porta de entrada da maioria das empresas em Cloud Computing até para testar os benefícios do uso de TI como serviço. O correio eletrônico é, hoje, um recurso básico para comunicação entre os funcionários e clientes. A migração do e-mail para a Nuvem reduz custos com manutenção de servidores em casa e dá mais espaço para armazenamento das mensagens. Além disso, pode ser acessado de qualquer lugar pelo computador, smartphone ou qualquer outro dispositivo.

Servidor virtual

O servidor é o computador que vai armazenar os arquivos e aplicações de seu negócio. Nesse caso, sua empresa contrata o tamanho de disco que suas operações precisam. A solução é oferecida com sistema operacional de sua preferência e banco de dados. Conforme o crescimento de seu empreendimento, o armazenamento pode ser aumentado. Como os demais serviços em Nuvem, o pagamento é relacionado ao consumo. Essa solução custa menos de R$ 50 por mês e a contratação é realizada em questão de minutos.

Backup automático

O serviço faz cópia em tempo real de dados importantes do seu negócio. As informações ficam armazenadas em servidores hospedados em Cloud Computing. Para tal, os computadores e outros aparelhos precisam estar conectados à Internet para fazerem a sincronização dos dados. Se acontecer algum problema com o equipamento, que está dentro da sua empresa ou utilizado pelos funcionários, uma cópia está salva na Nuvem.

Segurança cibernética

Com o número crescente de ameaças virtuais, é essencial manter os equipamentos da empresa protegidos. A Nuvem oferece soluções de segurança que detectam e bloqueiam vírus, espiões virtuais e outros programas indesejáveis antes que comprometa seus desktops, laptops, smartphones e servidores.

Gostou do artigo? Comente!


Comente o que achou