O que é infraestrutura hiperconvergente em Nuvem?

A hiperconvergência busca aumentar a eficiência operacional da TI, reduzir a complexidade das operações e escalonar os recursos automaticamente

Uma nova arquitetura promete acelerar a transformação digital das empresas com soluções em Cloud Computing (Computação em Nuvem). É a infraestrutura hiperconvergente projetada para simplificar e tornar os ambientes de Tecnologia da Informação (TI) mais dinâmicos e que também será oferecida no modelo de serviço em Nuvem.

Apresentada ao mercado como “hyperconverged infrastructure”, a nova arquitetura integra em um único sistema servidor, armazenamento e todos os componentes de rede. A hiperconvergência busca aumentar a eficiência operacional da TI, reduzir a complexidade das operações e escalonar os recursos automaticamente.

A hiperconvergência propõe reunir todos os recursos de rede em único lugar para permitir que as empresas tirem maior proveito da Terceira Plataforma de TI, sustentada pelas tecnologias convergentes. São elas: Cloud Computing, mobilidade, Big Data (análise de grandes volumes de dados), Internet das Coisas (IoT) e redes sociais.

Segundo o Gartner os sistemas hiperconvergentes integrados são uma forte tendência. Na visão dos analistas da consultoria, essa arquitetura vai ganhar grande força nos próximos cinco anos, possibilitando entregas de infraestruturas de TI dinâmicas para atender as demandas dos negócios.

De acordo com o Gartner, a hiperconvergência permitirá a construção de blocos de hardware modular e desagregados para processamento das aplicações de negócios e desenvolvimento otimizado de aplicativos com economia.

Evolução da infraestrutura hiperconvergente

A arquitetura hiperconvegente é uma evolução das tecnologias de infraestrutura. Antes, as companhias precisam fazer grandes investimentos na construção de Data Centers internos para armazenamento de computadores, que ocupavam muito espaço e tinham custo alto de manutenção.

Depois veio a virtualização que conseguiu consolidar o parque de TI, convertendo máquinas físicas em virtuais com capacidade para rodar diferentes sistemas operacionais, que antes exigiam hardware específico, além de diminuir gastos com operação.

Com as vantagens da virtualização, nasceu a infraestrutura convergente, que oferece um pacote único customizado com soluções de rede, armazenamento, servidores, switches, roteadores, etc. Trata-se de um modelo caracterizado pela otimização de recursos para oferecer mais agilidade, eficiência e qualidade dos serviços.

Essas experiências levaram o mercado para hiperconvergência, que aproveita todos os princípios da infraestrutura convergente como padronização e gerenciamento integrado de plataformas comuns.
A vantagem da nova abordagem em comparação com a convergente é o apelo maior para redução de custos. A arquitetura promete diminuir a complexidade das operações do ambiente de TI, oferecendo novas camadas de virtualização e armazenamento de dados em alta performance.

Hiperconvergência em Cloud Computing

As soluções de hiperconvergência que estão chegando ao mercado, vão integrar ofertas de infraestrutura como serviço (IaaS) em Cloud Computing – no modelo hyper-converged infraestructure as a service (HCIaaS), com a proposta de facilitar a orquestração de recursos em Nuvem Pública e Privada.

Segundo analistas de mercado, a hiperconvergência vai ajudar as companhias na implementação de “Hybrid IT”, que aloca recursos da Cloud Privada e Pública, com gerenciamento simplificado.

A orquestração facilitada entre os três tipos de Cloud (Híbrida, Pública e Privada), de acordo com os especialistas, permitirá que as companhias entreguem soluções mais rapidamente às áreas de negócios, com menos custos.

Esse processo tende a tornar menos árdua a jornada das companhias em direção à Era Digital, que é uma pressão forte do mercado. As empresas precisam promover a transformação dos processos de negócios para poder entregar produtos e serviços inovadores e com melhor experiência aos clientes. É uma exigência do mercado para ganhos de competitividade e as soluções em Nuvem são grandes aliadas para esse desafio.

Gostou do artigo? Comente!


Comente o que achou