Indicadores de performance e métricas para otimizar o seu servidor Cloud

Saiba em poucos passos como medir a performance do seu servidor cloud e evite imprevistos com seu site ou aplicação da sua empresa

Ter controle do desempenho dos seus servidores é fundamental para rodar aplicações na nuvem de maneira adequada. Afinal, ser pego de surpresa por uma queda de servidores impacta diretamente nos resultados de sua empresa., podendo acarretar em prejuízos para você e seus clientes.

Para afastar sustos e quedas de desempenho é preciso adotar uma série de melhores práticas para que um perigo aparentemente silencioso não derrube sua operação. Nesse sentido, ter as métricas dos seus servidores e/ou aplicações podem ajudar a evitar muitos problemas.

Para que servem as métricas

Métricas são indicadores de desempenho utilizados para transformar em números a realidade de processos, como produção, desempenho, acessos, entre outros. Quando bem utilizadas as métricas ajudam a melhorar a qualidade de produtos e serviços da sua empresa, além de servirem de indicadores de prevenção para problemas maiores.

As métricas também são fundamentais para auxiliar na comparação de resultados e identificar o que poderá ser um problema em uma operação futura. Podem ainda ajudar a simular mudanças futuras e estabelecer uma base consolidada para testes e andamento dos projetos.

Boas práticas e métricas eficientes devem seguir algumas características:

Coleta e avaliação de dados

Todos os dados pertinentes à sua operação devem ser guardados de forma segura e estar sempre à mão para qualquer consulta. Se esses dados não forem passíveis de avaliação rápida, talvez as métricas de medição não estejam corretas.

Aplicação e uso

Os dados precisam estar organizados de acordo com sua aplicação e os processo a eles relacionados para que a operação não sofra danos. Esta avaliação é minuciosa. Portanto, desconfie do fácil.

Medição do desempenho

A performance de seu servidor tem que ser avaliada com base em um planejamento bem estruturado, considerando objetivo, carga de trabalho, tempo de implementação, dados necessários para medição e métodos para coleta de dados. Por fim, é importante definir a forma de avaliação e validação dos resultados.

É preciso tempo para coletar e entender esses dados. De acordo com melhores práticas de avaliação de desempenho, é importante saber que o comportamento dos sistemas e servidores é estudado por um determinado período.

Pontos fundamentais

Os pontos fundamentais a serem considerados na análise do desempenho do seu servidor cloud são o tempo de resposta, a taxa de serviço e a disponibilidade do servidor.

O tempo de resposta verifica o atraso entre a solicitação da ação e o resultado esperado. A taxa de serviço mede a quantidade de trabalho que o servidor pode suportar em um determinado período de tempo e a disponibilidade verifica o tempo em que ele está pronto para uma operação considerada normal.

Performance Cloud bem avaliada

Um planejamento bem estruturado é a melhor maneira de analisar e acompanhar o aumento de carga e utilização dos servidores da sua empresa.

Com ações bem desenhadas, as tais surpresas desagradáveis citadas no começo tendem a não surpreender. Além disso, essa rotina de controle e verificação é a melhor forma de reconhecer antecipadamente quando sua empresa precisará de um upgrade de espaço em nuvem. Assim, a perfomance Cloud de sua empresa não correrá risco algum. Pode confiar!

Gostou deste artigo? Comente!


Comente o que achou

1 comentário

  1. Alcimar Patrocínio Responder

    Gostei so post, são informações valiozas para apoiar na estratégia de empresas que pretendem utilizar essa tecnologia.
    Lembrando que antes de estartar um projeto neste nível, é muito importante definir uma boa estratégia de contingência.